Blog / Dicas
Publicado em 24 de setembro de 2019

Qual o melhor piso para a cozinha?

qual o melhor piso pra cozinha

Trocar o piso é uma reforma e tanto, por isso, quando for escolher o piso para a cozinha tenha em mente que ele vai ficar na sua casa por muitos anos. Em ambientes onde circulam uma maior quantidade de pessoas é ainda mais importante escolher o material adequado.

Para saber qual o melhor piso para a cozinha você precisa considerar durabilidade, material, resistência a produtos de limpeza, formato e cor. Tudo isso sem esquecer o estilo da sua cozinha, se é mais moderna, mais retrô e por aí vai. 

Tipos de piso para a cozinha

Confira aqui embaixo os pisos mais usados e recomendados para a cozinha:

Porcelanato

porcelanato cozinha

Muita gente pensa em trocar o piso de cerâmica por porcelanato, mas fica em dúvida porque o segundo costuma ser mais caro. Apesar de custar um pouco mais que a cerâmica, o porcelanato é uma ótima opção de piso para a cozinha. Entre seus benefícios estão: rigidez, baixa absorção de água, resistente contra umidade e manchas de infiltração, fácil de limpar, durável e variação de cores e modelos.

O porcelanato é encontrado de várias maneiras, principalmente imitando outros materiais como madeira, cimento queimado, pedra, couro, tecido, metal, fibra natural, e muito mais. Para a cozinha, o mais recomendado é que se escolha um porcelanato esmaltado, acetinado (fosco) ou natural (sem polimento). 

Outra vantagem é a instalação do porcelanato, que é feita com argamassa própria para pisos e revestimentos. Se a sua cozinha já tem piso de cerâmica ou cimento queimado, não tem problema, o porcelanato pode ser aplicado diretamente sobre esses dois. A única desvantagem que vale a pena citar é que o piso pode trincar ou lascar se sofrer o impacto de coisas pesadas caindo sobre ele.

Cerâmica 

ceramica cozinha

O piso de cerâmica é o mais popular nas casas brasileiras, geralmente os apartamentos e casas de condomínio já vem com essa opção de piso e fica a critério do proprietário reformar. Assim como o porcelanato, o piso de cerâmica é bom para a cozinha, porém menos resistente e mais suscetível a manchas de infiltração.

Entre as suas vantagens estão: fácil de limpar, barato, variedade de cores, tamanhos e texturas, resistente ao tempo e fácil de encontrar em qualquer loja. Para que o piso de cerâmica tenha uma vida longa você precisa tomar alguns cuidados, como não deixar poças de água sobre ele e evitar arrastar móveis pesados. Dica: prefira rejuntes escuros para disfarçar a sujeira acumulada.

Granito 

granito cozinha

É uma opção um pouco mais cara, porém mais recomendada para a cozinha. O granito funciona como um piso frio, é impermeabilizante e muito resistente. Para quem procura um rejunte fininho essa é uma das melhores opções, pois a instalação desse piso forma uma junta seca e fina.

Entre tantas vantagens ele tem uma desvantagem, quando molhado fica muito escorregadio, então não é recomendado para casas com crianças e idosos. Tirando isso, o granito é um piso fino, liso e muito bonito.

Madeira

madeira cozinha

Ninguém resiste ao charme de um piso de madeira, ele deixa qualquer ambiente aconchegante e quentinho! Uma madeira de qualidade é um material nobre, portanto mais caro e com exigências de manutenção regulares, como tratar contra cupim, lixar e envernizar.

Se você tem tempo para se dedicar aos cuidados da madeira esse tipo de piso é uma excelente opção, mas se está procurando uma coisa mais prática talvez seja melhor escolher outro material. Para quem quer muito uma aparência de madeira, vale apostar em um porcelanato que imita o material!

Cimento queimado

cimento queimado cozinha

Só se fala dele agora! O cimento queimado está dominando as tendências de decoração nos últimos anos. Com um estilo mais industrial, esse cinza manchado cai bem em ambientes jovens e despojados. A aplicação não é complicada, mas precisa ser feita por um profissional habituado com o trabalho para ficar bonito e uniforme. 

É um piso sem rejunte, então deixa os ambientes mais extensos e amplos. Apesar de ser fácil de limpar, não se deve deixar água acumulada sobre o cimento queimado e nem derramar gotas de gordura, isso mancha facilmente o material. Esse tipo de piso pode ser usado na cozinha sem problemas, mas é mais recomendado para outras áreas da casa, como sala e quartos.

As opções são muitas, considere o estilo de vida da sua família e aposte no material que mais combina! (na dúvida, vá de porcelanato!) Gostou das nossas dicas? Segue a gente nas redes sociais e continue acompanhando o blog.

Casas da Água

Siga-nos no @casasdaagua